domingo, 16 de fevereiro de 2014

Sem sustos, Juve vence Chievo: 3 a 1

Asamoah fez o golaço da tarde em Turim (foto: Pegaso para o Tuttosport.com)

Sem tanto dificuldade mas sem sustos, a Juventus recebeu o Chievo pela 24ª rodada da Serie A para obter a 12ª vitória em 12 jogos no Juventus Stadium graças a gols de Asamoah, Marchisio e Llorente enquanto um gol contra de Cáceres não foi capaz de meter o resultado em dúvida para os mandantes que seguem com vantagem ampla na liderança da tabela do campeonato italiano.


A Juventus buscava pressionar territorialmente o Chievo no campo defensivo dos visitantes mas sem conseguir arrematar devido a solida posição do time de Corini no seu setor, dando sinal de que o gol poderia sair por uma jogada individual, o que acabou acontecendo. Asamoah saiu driblando da intermediária e tocou para Llorente fazer o pivô com um toque sutil a frente para o ganês puxar para o pé esquerdo e bater colocado, sem chances para Agazzi e abrir o placar em Turim, Juventus 1 a 0.

O segundo gol não demoraria muito a sair, pois o posicionamento ofensivo da Juventus seguia: Em cobrança de falta insidiosa de Pirlo, Agazzi espalmou e Marchisio só teve o trabalho de empurrar no canto oposto e coroar o seu retorno ao time titular com o segundo gol da Velha Senhora na partida e seu segundo na temporada.

O Chievo chegava com pouca frequência e arrematava sempre de distância ampla seja com Thereau ou Dramè enquanto os defensores da equipe mandante seguia firme, com Buffon sem ter que fazer qualquer defesa até o fim da primeira etapa.

Na segunda, o Chievo mudou com o veterano Pellissier, que deu cara nova a equipe de Verona em busca do resultado. Com isso, o Chievo diminuiu a vantagem após jogada do recém entrado atacante que perdeu controle dentro da área mas Lichtsteiner foi tirar e chutou em Cáceres, encobrindo Buffon e reabrindo o placar. 2 a 1 Juve. O Chievo seguia com força e Thereau passou por Asamoah e cruzou para Pellissier que iria marcar mas Bonucci abafou, evitando a conclusão do atacante.

A torcida já vaiava sua equipe, temendo que a atuação de baixo nível na segunda etapa resultasse em um empate mas Llorente acalmou os ânimos aproveitando escanteio de Pirlo para cabecear e retomar a dupla vantagem da Juve. O Chievo fazia a partida na segunda etapa, criando as melhores chances e buscando nova aproximação no placar.

Os visitantes perdiam força enquanto a Juve mudou e voltou a controlar a partida e perder boas chances de ampliar ainda mais o marcador com Marchisio e Osvaldo, ao menos contentando um pouco mais a torcida local pelo alto ritmo no final de jogo, sem obter outro gol e terminando o jogo com o placar de 3 a 1 para a Juventus.

Tabela:

Juventus: Buffon; Caceres, Bonucci, Ogbonna; Lichsteiner, Marchisio, Pirlo, Vidal (Padoin, min. 85), Asamoah; Giovinco (Tévez, min. 71), Llorente (Osvaldo, min. 71).
Chievo Verona: Agazzi; Frey, Canini, Bernardini; Sardo, Guana, Radovanovic, Hetemaj, Dramè (Rubin, min. 63); Stoian (Pellissier, min. 46), Thereau (Obinna, min. 78).
Placar: 1-0, min. 17, Asamoah; 2-0, min. 29, Marchisio; 2-1, min. 50, Cáceres (Contra); 3-1, min. 58, Llorente;
ÁRBITRO: Paolo Valeri (ITA). Cartões amarelos: Guana (min. 3), Pirlo (min. 13), Llorente (min. 23), Frey (min. 28), Giovinco (min. 70)
INCIDENCIAS: Confronto disputado no Juventus Stadium, em Turim, válido pela 24ª Rodada da Serie A italiana.