segunda-feira, 5 de maio de 2014

Marotta a 360 graus: Conte, Pogba, Mercado...

Marotta abriu o jogo para os ouvintes de uma rádio (foto: Juventus.com)

Dia seguinte a conquista do título é sem trégua, além do jogo, muitos pensam no futuro e o futuro é logo ali na frente. Em entrevista a uma rádio, o diretor geral da Juventus, Giuseppe Marotta, falou sobre as questões do momento na casa Juventus como Conte, Pogba e o mercado de verão que se aproxima.

O diretor fez questão de manifestar a importância do título obtido, em transmissão da Rádio "Anch’Io Lo Sport": "Estamos feliz pelo Scudetto, é uma vitória merecida. Mercado? É evidente que não podemos nos comparar a xeiques e outros clubes com poder aquisitivo importante. Ano após ano fazemos algo melhor e o faremos neste ano. Nestes três anos demonstramos de poder fazer coisas boas na Itália e na Europa, onde pecamos por conta também da experiência no âmbito continental mas melhoraremos seguindo a cultura do trabalho".

Quanto ao futuro do treinador Antonio Conte, alguns falam em substituição do mister:
"Está entre os melhores do mundo. O trabalho se vê mesmo durante a semana. Agnelli (presidente, Andrea), o encontraremos serenamente durante a semana, para nós é um casamento e queremos todos andar pra frente juntos. O recorde de 100 pontos? Este grupo disputou muitas partidas considerando campeonato, Champions, Europa League e Coppa Italia, além dos empenhos dos jogadores pelas seleções. O recorde importa se de títulos. Conte é italiano e colaborador, considerará que a Itália se juntará em algumas semanas para o Mundial. Planificará o desempenho dos jogadores em base a participação na Copa do Mundo".

Paul Pogba sempre é falado em jornais e sobre a renovação do francês?

"Encontramos o agente do jogador indicando nossa intenção e creio que será resolvida em breve".

Para a próxima temporada, o mercado será importante. Nani parece já definido, então quem pode chegar?

"Por enquanto jogamos 51 partidas oficiais e temos que considerar as dificuldades encontradas. Além da equipe e esquema tático, quem sabe, acho que o campeonato precisa ser reformado com 18 equipes para evitar o excesso de jogos. Penso que seria interessante para os clubes, seleções e também a nível europeu".

Marotta parece bem definido quanto as posições do clube, deu pouca profundidade no assunto mercado mas não falou de Nani, sem falar que há mais de meses que ele disse que um jogador importante da Bundesliga estaria certo. Vamos esperar...