domingo, 20 de julho de 2014

Nedved garante: “Conte saiu porquê cansou”

Lenda não fugiu da pergunta sobre Conte (foto: John Berry / Getty Images Sport)


Uma saída que surpreendeu a todos, menos a diretoria da Juventus, que já imaginava. A demissão de Antonio Conte foi o assunto da semana na Itália mas é passado, porém o motivo seguia sendo misterioso, levando os jornais e jornalistas do gigantesco arquipélago a fantasiar os motivos mas finalmente alguém dentro da direção do clube de Turim revelou os motivos e este foi Pavel Nedved.

Em entrevista ao jornal tcheco Denik, o eterno craque Pavel Nedved, lendário meio campista que atuou com Conte na década passada, desmentiu todos os boatos que o treinador estava deixando a Velha Senhora para ser técnico da seleção italiana, do PSG ou até do Milan (como falou-se há alguns dias). De acordo com o tcheco: “Antonio (Conte) se demitiu porque não tinha mais energia para continuar e não por desacordos com a direção. Queria se demitir em maio mas conversamos e o convencemos de pensar durante as férias. Quando voltou, decidiu que não queria continuar. Nada – declarou o diretor – do que disseram os jornais estava certo. Conte estava simplesmente cansado... A sua decisão nos surpreendeu, mesmo se no fim da temporada já havia exprimido sua opinião. O mercado e as estratégias – concluiu – não mudarão: Nós não temos nenhuma intenção de vender nossos importantes jogadores”.
 
As palavras de Nedved refletem de maneira intensa principalmente nos especuladores que afirmam que a Juventus já vendeu Vidal e/ou Pogba. Nada disso aconteceu e dificilmente acontecerá, a não ser que uma proposta realmente elevada (principalmente em vista da inflação atual do mercado da bola) seja feita e os jogadores aceitem, o que até agora, não aconteceu.