sábado, 14 de setembro de 2013

Vidal volta a brilhar e Juventus busca empate contra a rival

Juventus busca empate após gol inaugural da Inter no Derby (foto: CorriereDelloSport.it)

Jogo que tinha tudo pra ser disputado e equilibrado comprovou as espectativas no estádio Giuseppe Meazza, em Milão. Clássico entre Internazionale e Juventus pelo campeonato italiano foi de grande força dos setores defensivos das equipes, que contiveram os ataques por quase setenta minutos até os gols sairem. Icardi e Vidal fizeram a alegria dos torcedores mas ninguém saiu com os três pontos.

Primeira etapa disputada
O jogo começou quente, com trombada de Vucinic em Campagnaro. Lance que gerou falta pra Inter jogar na área mas no contra-ataque o mesmo zagueiro salvou a Inter ao impedir passe de Tévez para o montenegrino que sairia na cara do gol. Isso com dois minutos, indicando o que seria o jogo defensivamente.

Os primeiros dez minutos foram belos no aspecto tático, com as equipes muito bem postadas nos seus campos e roubando a bola de maneira limpa na maioria das vezes, deixando o jogo fluído. O primeiro chute saiu aos 12 minutos com Nagatomo arrematando bem para a defesa de Buffon.

Os minutos seguintes seguiram duros onde ambas as equipes se lançavam ao ataque com mais propriedade, as marcações pecaram e Campagnaro e Lichtsteiner receberam cartão amarelo por faltas duras.

Depois de tantos minutos onde a Juventus dominou territorialmente e na posse de bola, o time de Turim teve grande chance com lançamento de Pirlo e conclusão de Pogba sem força, que Handanovic espalmou bem posicionado para tirar o perigo.

A Inter cresceu no final da primeira etapa, onde chegou mais perto da área da Juve mas a defesa visitante conseguiu se postar bem para evitar o perigo criado pelos mandantes. O primeiro tempo acabou se encerrando com placar em branco de maneira justa, não pela falta de finalizações mas sim pelas grandes qualidades defensivas expostas pelos adversários.

Equilíbrio mas com bola nas redes
Apenas com a mudança preventiva de Conte para evitar a expulsão de Lichtsteiner, a segunda etapa começou com muita intensidade das equipes em busca dos três pontos.
A bola finalmente voltou a estar perto de uma das metas com Tévez roubando a bola e passando para Vidal arriscar um tiro cruzado mas que passou ao lado da meta de Handanovic. A Inter tentou arremates com Guarín e Taider mas também sem perigo para o goleiro Buffon.

Depois de modificações nas equipes, a Inter conseguia sair jogando e evitar os ataques da Juventus. Aos 72 minutos, Chiellini perdeu bola no meio de campo e Ricky Álvarez serviu Icardi que bateu firme na saída de Buffon, para finalmente tirar o zero do placar para os mandantes.

No minuto seguinte, a Juventus acabou indo pra frente com Asamoah passando por Jonathan e cruzando para trás, onde Vidal dominou e bateu de pé esquerdo no contra pé do goleiro Handanovic.

O pós-gols acabou sendo melhor pra Juve enquanto a Inter buscava o roubo para contra-atacar. Faltando alguns minutos para o fim do tempo regulamentar, a Velha Senhora quase virou o placar. O cruzamento de Tévez achou Vidal que exigiu grande defesa de Handanovic mas no rebote, um pouco sem ângulo, Isla perdeu chance que poderia ser crucial para o placar mas o jogo se encerrou com empate.


___

Internazionale: Handanovic; Campagnaro, Ranocchia, Juan Jesus; Jonathan, Guarin, Cambiasso, Taider (Icardi, min. 68), Nagatomo; Alvarez (Kovacic, min. 80); Palacio. 
 
Juventus: Buffon; Chiellini, Barzagli Bonucci; Lichtsteiner (Isla, min. 46), Pogba, Pirlo (Padoin, min. 87), Vidal, Asamoah; Vucinic (Quagliarella, min. 72), Tevez.
 
Placar: 1-0, min. 72, Icardi; 1-1, min. 74, Vidal
 
ÁRBITRO: Daniele Orsato (ITA); Cartões amarelos: Campagnaro (min. 15), Lichtsteiner (min. 16), Vidal (min. 61), Ranocchia (min. 62)
 
INCIDÊNCIAS: Partida válida pela 3ª Rodada do Campeonato Italiano Serie A TIM, disputada no estádio Giuseppe Meazza, em Milão.