quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Lichtsteiner afirma: "Estamos ainda mais fortes!"

(foto: CorrieredelloSport.it)

Com a retomada dos treinamentos em Vinovo, com grupo reduzido, as atenções de dividem com os nossos jogadores fora do nosso quartel-general.
O ala da Juventus, Stephan Lichtsteiner, direto da preparação da seleção suíça para os jogos de data Fifa, falou ao jornal nacional Neue Burcher Zeitung sobre a fase pela campeã italiana.
Lich falou sobre seu jeito de ser no campo, títulos, elenco e mais, alfinetou adversários: "A Juve tem 31 Scudetti"

"É belo quando as pessoas reconhecem o empenho. Senão deres 100% és criticado e se és emotivo também. Não tem como agradar a todos mas isso não é ruim. Eu jogo para vencer. O meu ponto de força é a tranquilidade e por nada discuti alguma vez com os treinadores. Sou criticado algumas vezes pela mídia pelo meu comportamento mas este é meu modo de jogar. Nos últimos anos mudei um pouco, por causa da importância do sucesso e dos títulos. Não temos muitos suíços que trazem títulos do exterior. Sempre soube o que eu poderia fazer, além disso sempre soube até aonde posso chegar, já fui muito desvalorizado, principalmente no exterior".

Sobre os títulos da Velha Senhora, ele disse:"Não é possível que falem ainda de dois títulos revogados da Juve. Os títulos foram conquistados no campo. A Juventus conquistou 31 campeonatos".
 
Lichtsteiner terminou dizendo: "Os rapazes são como eu era antes. Vontade de divertir-se jogando futebol e vencendo. Antes a diferença era enorme entre os de 20 e de 35 anos. Hoje, o 'velho' entende mais o jovem, do que antes. Um jovem deve pensar por si só e absorver tudo que puder, quem não o fizer, não será jamais um líder. Estou convicto que a nossa qualidade é superior a que era anos atrás".
 
Você concorda?