domingo, 5 de maio de 2013

Com vitória simples, Juve conquista Scudetto da temporada.


Um domingo de festa para a Juventus, que venceu o Palermo pelo placar mínimo no Juventus Stadium para conquistar o seu 31 título nacional. O jogo acabou sendo decidido pelo chileno Arturo Vidal, que desfrutou de uma penalidade sofrida por Mirko Vucinic na segunda etapa.
Com o resultado, a Velha Senhora conquistou o título com 3 rodadas de antecedência.
Muita alegria e expectativa dos torcedores para o jogo desde cedo, que foram para o estádio com suas muitas bandeiras e faixas para festejar o desejado troféu.
Com o sólido 3-5-1-1, o time de Antonio Conte pressionou desde o início, com muita posse de bola e abafando os avanços do Palermo, sempre em busca de jogadas com Ilicic e Miccoli.
Mesmo sem tantos arremates, a Juventus brigou para conseguir fazer o gol e o ataque, mais uma vez, se mostrou frágil com Vucinic no comando.
As chances de gol foram desperdiçadas e Sorrentino nem teve tanto trabalho, tirando em cruzamentos de Asamoah e Lichtsteiner.

Mas no segundo tempo, o Palermo voltou e quase marcou com Miccoli, nos primeiros minutos. O ex-bianconero deu um susto nos mandantes acertando a trave de Buffon.
Aos 12', o momento decisivo do jogo. Pogba fez passe elevado e Vucinic foi deslocado por Donati na área. Penalidade convertida por Vidal, que se tornou o artilheiro do time na temporada.
Curiosamente, o time melhorou muito depois do gol, chegando a ter lances claras com Vucinic, Marchisio e uma bomba no travessão com Quagliarella.

O jogo acabou e a festa da Juventus começou, com cartazes e placar com o número 31, além da invasão dos tifosi.