domingo, 10 de março de 2013

Giaccherini marca no fim e Juve bate Catania.

Já nos acréscimos, Giak decidiu pela Senhora.
Por ESPN.com.br

Em três minutos, Giaccherini foi do inferno ao céu. Pouco depois de levar uma amarelo por ter simulado um pênalti – na visão do árbitro – o atacante aproveitou a sobra na área para marcar um gol aos 47 do segundo tempo e garantir a vitória da Juventus pelo placar mínimo sobre o Catania.


O triunfo magro foi suficiente para deixar a Juventus ainda tranquila na liderança do Campeonato Italiano. O time de Turim tem agora 62 pontos, nove acima do vice-líder Napoli – que perdeu de 2 a 0 para o Chievo, fora de casa.

Na partida dos napolitanos, Cavani, que está há oito jogos sem marcar, perdeu um pênalti na segunda etapa. Dramé e Thereau maracaram para o Chievo.


Em Turim, a Juventus pressionou o rival e perdeu algumas boas chances de marcar. Na principal delas, o meia Marchisio, sozinho na frente do goleiro Andújar após a falta chutada por Pirlo desviar na zaga, chutou a bola para fora.

O desespero pelo triunfo fez o técnico Antonio Conte rechear a Juve de atacantes na segunda etapa. Em um espaço de 15 minutos, Matri, Quagliarella e Giaccherini entraram no jogo. E depois de tanto ‘martelar’, o camisa 24 conseguiu balançar as redes.

Na próxima rodada, a Juventus enfrenta o Bologna, fora de casa. Já o Catania – 8º colocado com 42 pontos – recebe a Udinese em casa. O Napoli, que está há cinco jogos sem vencer, tenta voltar a vencer em jogo contra a Atalanta.