quinta-feira, 20 de março de 2014

De novo ele! Pirlo marca e Juve avança na UEFA Europa League: 0 a 1

Pirlo voltou a definir para a Juventus (foto: AFP/Getty Images)
O duelo equilibradíssimo entre os italianos Juventus e Fiorentina foi decidido com uma genialidade. O volante Andrea Pirlo voltou a definir o jogo com um golaço de falta para dar a vaga para os bianconeri enquanto o time de Montella se despediu apesar de lutar. Com o agregado de 2 a 1, a Juve agora espera o sorteio de sexta-feira para saber quem será o adversário das quartas de final da UEFA Europa League.


A Fiorentina queria justamente desfrutar da enorme pressão da sua torcida desde antes de a bola rolar e o fazia com propriedade. O time da casa chegou forte em arremate inicial de Ilicic pra fora mas também com Gomez que chutou cruzado mas a bola passou perto da meta de Buffon, já assustando a torcida da Juve no setor dos visitantes. Já a Juventus buscava alguns ataques através de trabalhos de pivô de Llorente e em contra ataques, porém o jogo era de pleno perde e ganha na faixa central de campo.

A Juventus se estabilizou ao longo da primeira etapa, contendo a pressão inicial da squadra viola e conseguiu se aproximar da área e Pogba teve boa chance em jogada aérea com o francês que exigiu boa defesa de Neto, apesar da posição de impedimento ter sido marcada. Tevez buscava o seu primeiro gol europeu depois de três anos mas Neto impediu a primeira finalização do argentino antes dos 30 minutos de partida. O camisa 10 acabou se tornando o grande chutador da primeira etapa, tentando outras duas vezes e em uma exigindo defesa em dois lances do goleiro brasileiro da equipe de Florença. Com isto, a primeira etapa terminou com mais chutes a gol da Juventus do que da Fiorentina.

Sem alterações, a segunda etapa começou mas logo depois de três minutos, Pizarro deixou o campo com uma lesão muscular e Ambrosini entrou. A partida seguia equilibrada com poucos arremates a gol e Cuadrado finalmente tentou uma bomba que Buffon espalmou pro lado, pra reacordar os torcedores locais. A Juventus era quem teve a grande chance: Cruzamento perfeito de Isla para Vidal livre na grande área cabecear sobre a meta dos mandantes e lamentar demais a oportunidade.

A Juve rodava a bola e fazia a Fiorentina correr atrás, se desgastando. Após bela girada de Llorente, Gonzalo Rodriguez fez falta na meia lua e foi expulso por Howard Webb e calando a torcida que temia Andrea Pirlo e sua cobrança, o que se confirmou: Pirlo bateu forte no ângulo do goleiro para abrir o marcador e explodir os torcedores da Juventus no estádio Artemio Franchi. 0 a 1 no jogo, 1 a 2 no agregado para a Velha Senhora.

Nada de diminuir o ritmo, a equipe de Antonio Conte se mantia ofensiva e buscava o segundo gol. Lichtsteiner serviu Llorente que exigiu grande defesa de Neto, para evitar o segundo dos bianconeri com o atacante espanhol. Lichtsteiner passou fácil por Savic e também teve sua oportunidade mas Neto voltou a espalmar e evitar o segundo e definitivo gol que mataria o confronto a favor da Juve.

Faltava pouco tempo mas a Fiorentina tentava chegar e o fez em arremate de longe de Aquilani que Buffon pegou sem dar rebote. A Juve voltou a perder grande chance com Vidal em cabeçada diante da meta do time da casa mas nada bastou para o time de Florença que despediu-se da competição enquanto a Juventus avançou para as quartas de final da UEFA Europa League.

Tabela:

Fiorentina: Neto; Tomovic, Gonzalo Rodriguez, Savic; Cuadrado, Aquilani, Pizarro (Ambrosini, min. 48), Borja Valero, Vargas; Ilicic (Roncaglia, min. 72); Gomez (Matri, min. 63)
Juventus: Buffon; Caceres, Bonucci, Chiellini; Isla (Lichtsteiner, min. 76), Vidal, Pirlo, Pogba, Asamoah; Tevez, Llorente (Osvaldo, min. 88).
Placar: 0-1, min. 71, Pirlo.
ÁRBITRO: Howard Webb (ING). Cartões amarelos: Rodriguez (min. 31), Vidal (min. 50), Cuadrado (min. 55), Rodriguez (min. 69), Neto (min. 90+4), Tevez (min. 90+4). Cartão vermelho: Rodriguez (min. 69).
INCIDÊNCIAS: Jogo de volta válido pelas oitavas de final da UEFA Europa League, disputado no estádio Artemio Franchi de Florença.