domingo, 20 de maio de 2012

Napoli derruba Juve no Olimpico e vence a Coppa.


Em dia de ato final de Del Piero pela Juventus, A Velha Senhora enfrentou o Napoli pela decisão da Coppa Italia no Stadio Olimpico de Roma. O Napoli brigava pelo primeiro título desde 1990 e a Juve vencer a Coppa depois da última vencida em 1995.
O primeiro tempo foi muito disputado, porém sem gols.
Na segunda etapa o jogo esquentou e a fome de títulos do Napoli foi determinante nesta final vencida pelo time azzurro. 0x2.

Escalações:

JUVENTUS (3-5-2): Storari; Barzagli, Bonucci, Caceres; Lichtsteiner, Vidal, Pirlo, Marchisio, Estigarribia; Del Piero, Borriello.
Suplentes: Manninger, Marrone, Giaccherini, Pepe, Quagliarella, Vucinic, Matri. Téc.: Conte.

NAPOLI (3-4-2-1): De Sanctis; Campagnaro, Cannavaro, Aronica; Maggio, Dzemaili, Inler, Zuniga; Hamsik, Lavezzi; Cavani.
Suplentes: Rosati, Britos, Fernandez, Dossena, Grava, Vargas, Pandev.
Téc.: Mazzarri.


Minuto a minuto da decisão.

___

Começa o jogo, a final da Coppa Italia, que encerra a temporada italiana de futebol de clubes.

Logo no início, o Napoli chegou muito bem com Campagnaro cruzando bem e Zuñiga cabeceando mas Storari tirou pra escanteio antes do primeiro minuto. Perigo súbito.
O Napoli começou taticamente marcando a Juve com muita precisão na metade do campo, não deixando espaço para os bianconeri sair jogando com qualidade.
Com Lavezzi, o Napoli mais uma vez chutou mas outra vez pra fora, enquanto os torcedores azuis explodiam com mais uma demonstração de força do time do sul da bota.
11 de jogo.

A Juve chegou pela primeira vez com Del Piero que chutou e a bola acabou sobrando pra Marchisio que arrematou e De Sanctis teve que trabalhar pra evitar o gol, assim como Cannavaro no bate rebate.
18 de jogo.

A Juve tentou com Pirlo, servindo Vidal mas o chute desviou e Lichtsteiner sofreu falta ao cair do lado direito do ataque juventino. 24'.

O Napoli sempre criava perigo quando atacava pelo lado de Cáceres e Estigarribia, que não estavam precisos nos botes.

Grande tiro de longa distância de Borriello que causou certo perigo aos 38'. Boa ação após passar por dois e arrematar forte buscando o ângulo mas pra fora.

O primeiro cartão saiu do bolso do árbitro aos 40'. Falta de Marchisio parando o avanço de Inler.

Os jogadores e torcedores da Velha Senhora reclamaram quando Marchisio foi tocado bem na hora do arremate. Aronica o tocou e nada foi marcado. Talvez penalti não marcado para a Juventus.

O árbitro determinou +1 de jogo quando chegamos aos 45'.
Borriello conduziu mas sofreu falta e é o último lance da etapa.
Del Piero levanta na área e De Sanctis tira.

De qualquer modo, a primeira etapa acabou assim.
20 minutos bem dominados pelo Napoli
26 minutos seguintes dominados pela Juventus que territorialmente se mostrou superior.
Muitos poucos erros do árbitro principalmente na parte dominada pela Vecchia.
--------------------------------------

O segundo tempo começou sem alterações.
A primeira ação surgiu com o Napoli aos 3'. Cruzamento de Dzemaili mas Cavani chegou levemente atrasado já que foi um chute/cruzamento.

Mais uma causa de reclamação da Juve. Pirlo fintou Hamsik e Zuñiga e lançou Del Piero claramente em posição regular mas o árbitro e seu auxiliar marcaram o impedimento.

O Napoli reclamou toque de mão de Lichtsteiner mas no chão, sem intenção e fora da área... Nada marcado, depois trombada na área juventina mas claramente jogo de corpo.

Falta dura de Cannavaro em Del Piero e cartão amarelo aos 10'.

Del Piero luta pela bola, ganha o escanteio e grita levantando as mãos para pedir o apoio dos torcedores bianconeri aos 14'

O árbitro Brighi seguia com muitas dúvidas em todas as marcações mas aos 17', Lavezzi saiu bem, diante de Storari que cometeu penalti e ganhou o cartão amarelo. Borriello também recebeu por reclamação.
Na cobrança, Cavani abriu o marcador. Cobrança precisa do matador partenopei.
Os torcedores se perguntam, se Buffon estivesse ali, seria penalti? Teria sido gol?

De qualquer forma, Conte decidiu mudar colocando Vucinic e Pepe com a saída de Del Piero e Lichtsteiner. 23' da segunda etapa.

A Juve tentou aos 25' em chute de Bonucci defendido maravilhosamente bem por De Sanctis.
A Velha Senhora subia muito e arriscava enquanto o Napoli preparava a entrada de Pandev e saída de Lavezzi.
Na Juve, sai Borriello e entra Quagliarella, última mudança de Conte aos 27'.

Pepe fintou três no minuto seguinte e desvio de Aronica pra corner. "pallagol" para a Juve.
A Juve pressionava, a torcida empurrava...

34' da segunda etapa e Mazzarri tentava fazer o time subir, já que tentavam se manter na defesa, evitando os ataques da equipe bianconera para sair no contra ataque.

Cartão para De Sanctis por demora a bater o tiro de meta aos 35'.

O Napoli praticamente fechou o placar aos 38' com Hamsik em contra ataque. Preciso avanço napoletano nas costas da defesa juventina.

Mazzarri mudou com Dossena no lugar de Hamsik.

Pecado para a Juve que crescia muito, o gol amadurecia mas o Napoli foi preciso no contra ataque quando teve a chance.