segunda-feira, 28 de maio de 2012

Direto de Vinovo: Juve se pronuncia sobre o CalcioScomesse.



Nesta tarde, a Juventus se pronunciou sobre o caso CalcioScomesse que explodiu de fato na madrugada desta segunda-feira. Agora a pouco se concluiu a coletiva de pronunciamento da Juve sobre o caso.


AGNELLI: "Agora, perdoem os dois minutos de retardo. Creio que todos nós seguiamos os fatos das mídia, desportiva e que se tornaram da justiça esportiva. E não posso omitir de todos vocês, como não posso me enganar que o quadro que está sendo delineado às luzes da atividades da procuradoria de Cremona nesta manhã até pelo quadro extremamente preocupante para o mundo do futebol e todos nós seguimos com apreensão e amargura.
Mas ao estado quanto nos conhecemos até hoje - e é por isso que estou aqui - não me parece e não é, Antonio Conte, para integrante de todo este quadro preocupante que citei.
Digo isto por três motivos principais: Primeiro, e talvez o mais importante, é que dos fatos que lemos, o papel que seria, supostamente, atribuído a Antonio (Conte) é próximo ao insignificante.
Em segundo lugar, conheço Antonio (Conte) há vinte anos e seus valores de honestidade, integridade e lealdade sempre foram aplicados desde o início da sua carreira como jogador, como treinador e hoje treinador da Juventus.
É justo que conhecendo Antonio (Conte) e remarcando as suas qualidades humanas, seja pelo lado do magistrado de ordem, seja pelo que se fala das perguntas do magistrado esportivo, mostrar aos órgãos
Que inquerem o nosso respeito pelo trabalho que estão fazendo, no quanto o quadro é complexo, com isso, do mesmo modo, é justo que nós sejamos sérios em mostrar o nosso respeito pelas pessoas que estão nessa situação delicada que ainda devem ser verificadas e pessoas que se encontram neste momento em posição debilidade.
A Juventus como um clube e eu pessoalmente estou ao lado de Antonio (Conte) neste momento e estou também, do mesmo jeito, com Leonardo Bonucci que tive o prazer de conhecê-lo aqui em Vinovo, que ele também será indagado pela procuradoria. Leonardo (Bonucci) que está aqui conosco há dois anos, é uma pessoa que saber lidar com a pressão e espero que ele supere isto rápido para fazer um explendido Europeu (EuroCopa) com a Itália, uma Itália que mais uma vez, tem um terço de juventinos.
Quero concluir esta minha intervenção tentando evitar qualquer especulação que façam: Antonio Conte é e será o nosso treinador. Temporada que vem temos uma Champions League para disputar, que é" a manifestação máxima do futebol Europeu e Antonio (Conte) será a pessoa no comando"

CONTE: "Obrigado a Andrea (Agnelli) pelas palavras.
Inicio dizendo que a minha história futebolística, seja como jogador e como treinador, fale por si. Eu sempre demonstrei integridade moral, honestidade, sendo correto em todas as situações como jogador e como técnico. Se pode perguntar aos meus ex-companheiros quando jogador, aos meus jogadores enquanto ténico. Perguntem também aos meus adversários em campo. Uma pessoa que busca vencer além das suas possibilidades para conseguir a vitória com muito trabalho, com grande sacrifício, com humildade, transferindo estes valores aos meus jogadores. Não se esqueçam que já fui agredido com um bastão diante da minha filha, que tinha dois anos, e da minha mulher, pela minha integridade moral e pelo meu jeito correto de ser quanto a honestidade. Este é Antonio Conte, para aqueles que não conhecem ou faz de conta que não conhece. Com o Siena vencemos um campeonato na temporada passada com três rodadas de antecipação, com grande sacrifício, com muito suor, lágrimas e satisfação, com um grupo de rapazes extraordinários.
Rebato com minha absoluta estranheza a qualquer tipo de fatos deste caso, minha e dos meus jogadores. Foi um ano fantástico e nada nem ninguém, repito, nada e nem ninguém apagará aquela temporada que foi extraordinária.
Fui... Hoje me chegou um aviso... fui questionado por associação ao crime do tipo, tive a casa vasculhada para busca de materiais e eu nem sequer estava.
Lí sobre e vi poucas coisas escritas sobre o caso, mas sabe qual a minha primeira pergunta? Como nunca fui chamado para dar um depoimento a procuradoria de Cremona antes disso. Eu lí sobre o andamento, lí as poucas palavras escritas e esperava a procuradoria chamar para pedir o meu testemunho já que tanto falaram ao menos que me comunicassem.
Acho que disse tudo. Boas férias a todos, porque as minhas serão, seguramente".

AGNELLI: "Ok, com isso os agradeço pela presença. Até mais".

* Transcrição feita originalmente pelo TuttoJuve.com