sábado, 4 de janeiro de 2014

Pílulas do CalcioMercato (04/01/2014)

• Agente Fifa Vincenzo Morabito comenta sobre possível chegada na lateral da Juventus: "Acho que em junho, Abate deixará o Milan e irá pra Juventus já que sairá de graça. Ele mudou de agente recentemente, o que pra mim é um sinal claro".

• Tablóide inglês Mirror revelou nesta sexta de que negociação entre Arsenal e Juventus estaria aberta por Vucinic. A notícia não foi confirmada nem desmentida na Itália e proposta seria de € 10 milhões. Tottenham, West Ham, Zenit, Inter e Napoli também sondam mas Juve não venderá para italianos. Montenegrino dificilmente deixará clube em janeiro.

• Napoli falou com o agente de Cáceres para sondar o uruguaio para tê-lo em junho mas resposta foi negativa para os partenopei. O jogador está felicíssimo em Turim e ficará.

• Fontes afirmam que Marotta avançou conversas para ter Biabiany. Proposta de € 3 milhões foi feita. Parma quer € 4 milhões mas negociações estão abertas.

• O jornal genovês Il Secolo XIX noticia que a Juventus quer Perin como contrapartida por De Ceglie. Genoa quer Boakye de volta integralmente.

• Everton, Wolfsburg e Galatasaray querem o zagueiro da Juventus e do Bologna, Sørensen. Pela sua metade, Juve quer € 4 milhões.

• De acordo com o jornal Tuttosport, não só Motta mas Berardi e Marrone também estão na mira do Werder Bremen. Pelo lateral direito, o Livorno havia sondado mas hoje o Sassuolo fez contato com a Juve pelo jogador ex-Roma.

• Pertencente a Juve em 50%, Ariaudo está a caminho do Sassuolo por empréstimo até o final da temporada. Juve atenta para eventualmente recomprar a metade pertencente ao Cagliari, caso ele vá bem.

• Brescia contata Juventus para pedir Bouy novamente por empréstimo e aguarda respostas.

• O canal SkySport noticiou na noite de ontem que Juve e Inter tem interesse no meio campista Tonny Vilhena, classe 1995, do Feyenoord, avaliado em € 3,5 milhões.

• Marotta 100% tranquilo: "Pogba? Renovará. Não temos a mínima intenção de vendê-lo".

• Diretores esportivos Marotta e Paratici seguem em contato com a diretoria do Cagliari para que Nainggolan permaneça na Sardenha até junho, quando a Juve fará a proposta para levá-lo ao norte.