segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Juventus troca Vucinic mais quantia por Guarín com a Internazionale!

(foto: CorrieredelloSport.it)
Anos de muita rivalidade e discussões, dentro e fora de campo não impediram Internazionale e Juventus de efetuarem uma das mais surpreendentes trocas do mercado da bola na temporada, levando o colombiano Fredy Guarín dos nerazzurri para a Velha Senhora, enquanto o montenegrino Mirko Vucinic deixou os bianconeri para se juntar a Inter em Milão em troca direta.

A troca remete a um tempo remoto. Em 1976, a Inter que decidiu trocar um jogador importante nos seus títulos da época, o atacante Roberto Boninsegna, já com 33 anos por Pietro Anastasi, da Juve, que havia discutido forte com o técnico Parola. Agora é algo semelhante, Vucinic foi importante nos dois últimos títulos da Juve e é trocado por Guarín, que discutiu com Stramaccioni e Mazzarri, últimos técnicos da equipe azul de Milão.

A troca que surgiu forte nesta manhã, supostamente era tratada em baixo da mesa de jogo, com indícios do acontecimento. Vucinic supostamente estaria negociando ida para o futebol inglês mas não queria sair da Itália, onde sua mulher está e vive em Lecce com a família. O camisa 9 deixou o Juventus Stadium mais cedo no sábado em jogo contra a Sampdoria, hoje esteve no Juventus Center de Vinovo, onde é o Centro de treinamento da atual campeã, para pegar suas coisas, se despedir dos colegas antes do treino e ir para Milão com um amigo, enquanto seu empresário já negociava com a Inter.
A equipe do proprietário Erick Thohir pediu Vucinic por empréstimo mas o diretor Giuseppe Marotta, da Juve, disse não mas que aceitaria troca por Guarín e aí o negócio avançou, com conversas e viagens de todos até a capital da moda para negociar a fundo.

Referente a valores, Guarín iria para a Juve por uma cifra em torno de € 1,5 milhão, € 2,5 milhões, além do jogador de Montenegro, todavia, vista a "plusvalência" dos clubes referente as antigas negociações, as partes concordaram que a Velha Senhora pagará tal quantia a rival.

A negociação supostamente teria sido bloqueada pelo milionário indonesiano que é proprietário da Inter mas em comunicado ele disse que é tempo de mudanças e que "arregaça as mangas para resolver os problemas", com isso, as partes se despediram do enccontro onde o convidado (a Juventus) que pagou a conta do jantar € 360, além do táxi de Guarín; Dirigentes da Inter deixaram o local com o agente de Vucinic e os da Juve com o de Guarín. Indício? Sim. Além do mais, os médicos da Inter foram "interrogados" pelos jornalistas e um disse: "Vocês sabem de tudo". Agora a pouco, o irmão do meio campista colombiano acabou confirmando a outra parte dizendo: "Oficial: Fredy Guarín é o primeiro jogador colombiano a assinar com a Juventus", assinando, por assim dizer, a conclusão da negociação, que será entregue com todos os conformes na federação italiana nesta terça-feira (21)

Vucinic fez exames médicos em Milão no início da noite enquanto Guarín chega em Torino e fará exames na manhã desta terça-feira. Ambos assinam contratos iniciais até 2017.

História longa de um dia de mercado digno de uma opera italiana.