domingo, 5 de janeiro de 2014

Juve humilha Roma em Turim: 3 a 0!

Vidal abriu o marcador no Juventus Stadium (foto: Tuttosport.com)
Com estádio absolutamente lotado, Juventus e Roma foram a campo em Turim pelo grande duelo da décima oitava rodada da Serie A do campeonato italiano nesta tarde de domingo (05) e a Velha Senhora fez o dever de casa e ampliou a vantagem contra o time romanista na tabela do campeonato com uma goleada dos líderes da competição com o placar de 3 a 0 graças a gols de Vidal, Bonucci e Vucinic enquanto a Roma terminou o jogo com duas expulsões, que acabaram de vez com qualquer esperança dos visitantes em buscar o resultado.


O duelo começou com a Roma pressionando a saída de bola da Juventus no setor defensivo dos mandantes e obtia bons avanços apesar das leves faltas no início do jogo com o árbitro Rizzoli tentando acalmar os animos dos gladiadores no gramado. O grande marco dos minutos iniciais era o meio de campo super populado e com muito pouco espaço para criações de jogadas por ambas as partes.

A Roma era melhor no jogo pelos quinze minutos iniciais mas a Juve aos poucos ia ao ataque com mais qualidade e em jogada iniciada em lateral, Tévez recebeu na área e girou para servir Vidal quase na pequena área com um passe de quase dois metros para bater na breve saída de De Sanctis e abrir o marcador em Turim, 1 a 0.

Os romanos buscaram subitamente o empate e Pjanic provou rasteiro arremate e Buffon foi firme no canto para agarrar. No ataque seguinte, a Juve que subiu ao ataque e De Sanctis antecipou passe de Tévez a Llorente, aumentando ainda mais o volume da torcida bianconera. A Roma foi com a tréplica e Ljajic também tentou conclusão rasteira mas Buffon espalmou e tudo isso acontecia com apenas vinte minutos de confronto. Mas os giallorossi subiam com propriedade buscando espaço no campo dos mandantes mas sem a mesma intensidade enquanto o tempo passava.
A Juventus crescia a medida que se aproximava da conclusão da etapa inicial e a Roma se defendia apesar das boas ações criadas pela Velha Senhora. Na segunda etapa, sem alterações, a Juve parecia que se manteria em busca do gol e chegava na área logo nos minutos iniciais e assim o fez, com três minutos, Pirlo bate falta no segundo pau e Bonucci dá um carrinho para empurrar para o fundo da rede do goleiro De Sanctis, dobrando a vantagem juventina.

O técnico Rudi Garcia tentou mudar o esquema e as peças em busca de uma melhora no seu time. Já Conte perdeu Tévez, que sentiu a perna após driblar dois e arrematar sobre a meta. Com mais homens na frente, a Roma buscava chegar com cruzamentos e jogadas de velocidade e a Juve perdia velocidade com os atacantes do momento e não conseguia segurar a bola no setor ofensivo enquanto o tempo passava e a Roma não criava perigo contra a meta de Buffon.

A Roma sofreu um duro em dois minutos, Totti foi substituido, De Rossi espulso por dura falta em Chiellini e o brasileiro Leandro Castan foi expulso minutos depois por tirar o gol da Juventus com a mão após falta cobrada em lance da expulsão do camisa 16 dos romanos. Vucinic bateu firme para ampliar o marcador e garantir os três pontos da líder, cada vez mais líder, Juventus apesar dos dez minutos restantes para o fim do duelo que foram meramente de toque de bola e esperando o fim do jogo sem qualquer perigo de gol em ambos os lados.

Tabela:

Juventus: Buffon; Barzagli, Bonucci, Chiellini; Lichtsteiner, Vidal (Marchisio, min. 78), Pirlo, Pogba, Asamoah; Tevez (Vucinic, min. 60), Llorente (Quagliarella, min. 81). 
 
Roma: De Sanctis; Maicon, Benatia, Castan, Dodô (Torosidis, min. 55); Pjanic (Destro, min. 55), De Rossi, Strootman; Ljajic, Totti (Florenzi, min. 72), Gervinho. 
 
Placar: 1-0, min. 17, Vidal; 2-0, min. 48, Bonucci; 3-0, min. 77, Vucinic 
 
ÁRBITRO: Nicola Rizzolli (ITA). Cartões amarelos: Tévez (min. 33), Chiellini (min. 34), Gervinho (min. 37), Ljajic (min. 83), Barzagli (min. 87). Cartões vermelho: De Rossi (min. 75), Castan (min. 76) 
 
INCIDÊNCIAS: Partida válida pela 18ª rodada da Serie A italiana, disputada no Juventus Stadium em Turim.