segunda-feira, 3 de setembro de 2012

23 anos sem Scirea.

A história da Juventus é composta de vitórias e momentos emocionantes mas para muitos torcedores, a data de 3 de setembro é lembrada com tristeza, já que há 23 anos, em 1989, morria um dos capitães mais amados da história juventina, Gaetano Scirea.

Uma vida na Juventus, de 1974 até 1988 como jogador e vice treinador até ser o técnico na temporada 1988/1989. Uma vida para a Juventus de fato, já que sua morte aconteceu nesta mesma temporada, quando ia de carro até a Polônia observar um clube adversário dos bianconeri.

Em memória, o clube bianconero soltou uma nota no seu site oficial:

"O dia 3 de setembro é uma data em que cada torcedor bianconero para, mesmo que por um segundo, para refletir, para lembrar, para rezar. Porque no dia 3 de setembro de 1989, a Juventus perdia um dos símbolos da própria história: Gaetano Scirea.

"Gai" falecia com apenas 36 anos em um trágico incidente em uma rodovia na Polônia onde iria observar o Gornig Zabrze, adversário dos bianconeri na Coppa Uefa.

Scirea não foi só um campeão extraordinário. Era um pai afetuoso, um marido sensível, um homem honesto e leal, adorado e bem quisto por todos.

E hoje, no vigésimo terceiro aniversário da sua morte, a Juventus e todos os seus torcedores deixam a Mariella e Riccardo um abraço afetuoso".